10 alimentos que parecem saudáveis, mas não são

10 alimentos que parecem ser saudáveis, mas não são

Ingerir regularmente alimentos saudáveis ajuda a evitar doenças, melhorar a aparência e até a emagrecer. Mas nem todos os alimentos tidos como saudáveis realmente fazem bem.

Quando o assunto é alimentação saudável, muito do que se diz chega a ser mito. Nem tudo que é rotulado como saudável é uma boa opção para emagrecer e evitar doenças. Às vezes estamos consumindo um alimento dito saudável, mas nas verdade ele pode ser a pior escolha.

O que é mais saudável: uma lata de refrigerante ou uma lata de chá pronto? Muitos dirão que é a segunda opção, mas ao contrário do que pode parecer, os chás em lata geralmente possuem tanto açúcar quanto os refrigerantes. Esse é um bom exemplo de como alguns alimentos “enganam”. E muitos desses alimentos, podem possuir além do açúcar, gorduras, sal e outras diversas substâncias que não ajudam em nada a quem quer perder peso ou cuidar da saúde. Pelo contrário!

Alimentos industrializados: cuidado!

O maior problema desses alimentos supostamente saudáveis são as substâncias existentes decorrente da industrialização do alimento. Por isso, muitos nutricionistas e defensores da alimentação saudável dizem: é importante tomar cuidado com o que precisamos abrir a tampa ou tirar do pacote. As substâncias necessárias para manter esse tipo de alimento bem conservados podem ser um grande perigo. E elas estão presentes também nos alimentos ditos como “diet” ou “light”.

Infelizmente, na busca por emagrecer rápido, muitas pessoas optam por produtos industrializados, buscando praticidade e confiando no rótulo do produto. O problema é que no processo de industrialização, além de sal, açúcar e gordura, são adicionadas diversas substâncias químicas para realçar o sabor e fazer o produto durar mais tempo.

E não há como negar: todo alimento industrializado, por mais que pareça natural, sofreu modificações que acarretaram perda de nutrientes. Então, a melhor escolha será sempre preferir os alimentos naturais como frutas, legumes, castanhas e iogurtes naturais.

10 alimentos que parecem ser saudáveis, mas não são

Barras de Cereais

Barra de CereaisMuitas pessoas tem o hábito de guardar na bolsa uma barrinha de cereal, para comer na hora da fome ou ainda para substituir o doce. O problema é que a maioria dessas barrinhas são quase um doce de tanto açúcar, sem contar os conservantes e aromatizantes. O nível médio de fibra é de apenas uma grama e a capacidade de saciedade é pouca, o que faz com que muitas pessoas comam mais de uma barrinha ou ainda outro alimento logo em seguida. E as barras de cereais diets e lights, além de conservantes e aromatizantes, possuem ainda adoçantes, o que não é tão saudável quanto parece.

Biscoito integral

Biscoito integralOutra opção muito usada para enganar o estômago de maneira “saudável” são os biscoitos integrais. Cinco biscoitos integrais equivalem a um pão francês, que é menos processado e contém menos gordura. O biscoito integral tipo cream cracker também costuma ter pouca fibra, pois é feito com farinha de trigo enriquecida com ferro e outros nutrientes, mas não é realmente integral.

Iogurte

IogurteAntes de ficar espantado(a) por esse item estar na lista, é preciso entender que o iogurte natural é ótimo para a saúde. Ele possui corantes naturais, e baixa quantidade de gorduras e açúcar. Já os demais iogurtes encontrados no supermercado são apenas bebidas lácteas. Possuem bastante gordura, o que deixa o produto cremoso, corantes artificiais e muito açúcar. Sem contar que a maioria deles não possui a quantidade de bactérias probióticas satisfatórias para o organismo.

Suco de caixinha (inclusive os de soja)

Suco de caixinhaCom exceção daqueles feitos da fruta, sem conservantes e açúcar, a maior parte desses sucos é uma mistura do suco com água, tornando-se uma bebida pobre de nutrientes e com substâncias químicas que se acumulam no organismo. E aquelas feitas com soja, na verdade, têm pouca soja e pouco valor nutricional. Os lights e diets são realmente sem calorias, mas não têm nenhum nutriente, apenas conservantes, corantes e aromatizantes, portanto alimentos não saudáveis.

Chocolate Diet

Chocolate DietPara aqueles que fazem dieta e são apaixonados pelo doce, o chocolate diet parece ser uma ótima opção para “matar a vontade” e ainda evitar o açúcar. Realmente, o chocolate diet não possui açúcar. O problema é que para tornar este tipo de alimento comestível são adicionadas doses extras de gordura, e ele se torna mais calórico do que os convencionais.

 

Bebidas esportivas

Bebidas esportivasMuito consumidas após as atividades físicas, as bebidas “esportivas” são ricas em potássio e sódio. Elas são indicadas sim para quem treina pesado mas não devem ser uma alternativa depois que você desenvolveu alguma atividade leve. Muitas bebidas deste tipo chegam a ter 125 calorias por garrafinha. Para matar a sede após o exercício o melhor mesmo é a água natural ou também a água de coco.

Saladas incrementadas

Salada com maioneseUm erro bem comum é achar que tudo que tem a palavra “salada” é saudável. Saladas com atum, frango e camarão por exemplo, geralmente levam maionese, com gorduras e calorias escondidas entre seus ingredientes. Se essa é sua escolha, prefira usar sempre a maionese light e em pouca quantidade.

 

Cereal matinal

Cereal MatinalJá reparou no que sobra no saquinho quando acaba o cereal? Açúcar puro! Ele pode sim ser uma boa fonte de energia, mas só isso. E ainda é possível obter essa mesma quantidade de carboidratos em outros alimentos como o pão integral e o mingau.

Mas existem opções de cereais sem açúcar e ricas em fibras. E ainda há a possibilidade de acrescentar uma fruta, deixando o cereal mais doce sem precisar de açúcar.

Produtos Diet e Light

Produtos Diet e LightAs propagandas e rótulos dos produtos nos dão a impressão que podemos consumir esses alimentos sem restrições. Mas é bom ter atenção! Salvo os casos em que seu consumo seja indicado por um profissional, devido a doenças como obesidade e diabetes, é bom evitar os produtos diet e light. Eles realmente possuem menos açúcar e gordura, mas em compensação são ricos em sódio, o que ajuda a manter o sabor.

É melhor ingerir uma quantidade menor da versão tradicional do que o dobro da light!

Chás em lata

Chás em lataOs chás em lata possuem flavonoides, substâncias antioxidantes, alimentos não saudáveis. Porém eles também apresentam grande quantidade de açúcar ou adoçante, semelhante à dos refrigerantes. Além disso, alguns tipos de chá são ricos em cafeína, que pode causar ansiedade, insônia e acelerar o coração.


Dê sua nota para a matéria:
RuimRegularBomMuito bomExcelente (5 votos, media: 5,00 de 5)
Loading...


COMPARTILHAR
Dereck Andrews
Aprendeu que existe vida sem refrigerantes e hoje é entusiasta dos alimentos e hábitos saudáveis. É colaborador aqui no Barriga Chapada e responsável pelo blog Bora Emagrecer.

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA