8 Dicas pra você arrasar na sua Aula de Yoga

0
302
Dicas para uma aula de yoga

A seguir, especialistas enumeram algumas dicas e benefícios que a modalidade tem a oferecer ao organismo, à alma e à autoestima, usufrua 100% de sua aula de yoga.

Importada da Índia, poucas práticas de vida são tão completas quanto uma boa aula de yoga. Além de trabalhar o corpo, esta técnica alimenta o espírito com a riqueza de uma filosofia inspirada por mestres e sábios de muitas épocas.

Arrasando na sua aula de yoga com 8 dicas incríveis

  1. Você pode fazer aula de yoga?

A yoga é para todos, embora pareça apenas uma atividade física é muito mais uma prática interior de movimento. Trata sobre a união e o alívio do sofrimento. Todo mundo tem algo de que precisa se desprender, e todo mundo precisa de um intervalo na vida para refletir.

  1. Você não precisa ter perfeição nos movimento; simplesmente faça o seu melhor.

Muitas vezes as pessoas se sentem intimidadas, porque não são flexíveis, não conseguem fazer todas as posições, ou não se sentem à vontade na aula de yoga, porque não estão tão avançadas quanto os outros alunos. É difícil entrar numa aula e ter que fazer posturas de criança ou uma modificação de iniciante, enquanto a maioria dos seus colegas está mostrando suas belas expressões de posturas completas.

  1. Assim como a vida, a yoga não tem limites

A aula de yoga é uma prática interior, portanto, seu significado e uso vão diferir para cada pessoa. Que tal um desafio? Encontre o significado do que a yoga realmente significa para você. Veja-a como mais do que a prática de asanas. Considere o trabalho de respiração, a calma da sua mente, e o trabalho energético como tendo igual importância. Descubra o que a yoga é para você e sua vida, compartilhando isso com os outros.

  1. Apenas deixe fluir

Aproveite o curto período de tempo enquanto o seu corpo e a sua mente estão mais relaxados e à vontade. Será um breve momento em que você poderá relaxar completamente, ir tanto ao passado quanto ao futuro, e apenas estar no presente. É o momento em que você pode tocar em uma parte mais profunda de si mesmo.

  1. Se conecte com a comunidade

Na próxima vez que você for a uma aula de yoga, se apresente a alguém novo, não saia sem dizer um olá. Faça uma nova amizade! Você deve se conectar com outros alunos e com o professor durante a prática, promovendo o crescimento dessa conexão e construindo uma relação com a comunidade, interagindo com seus companheiros de yoga.

  1. Pause e respire antes de reagir

Quando a vida estiver uma loucura e o trabalho agitado, reflita sobre as lições que você aprendeu em sua aula de yoga. Pare, feche os olhos, respire e relaxe. Mesmo que seja apenas duas ou três lentas e profundas inspirações e expirações pelo nariz, você vai se sentir mais calmo e menos estressado.

Sente-se com a coluna ereta, se orgulhe, tenha boa postura, se permita conectar ao universo como um todo, e nunca se esqueça de amar a si mesmo. Seu verdadeiro eu vive dentro de você, e  quando a vida estiver saindo do controle, olhe para dentro de si e encontre a paz.

  1. Faça da sua aula de yoga uma verdadeira diversão

Sinta você mesmo, encontre a paz interior, se conecte com os que estão ao seu redor, observando certos detalhes que devem ser levados a sério na busca pelo seu caminho na trajetória da yoga. Divertir-se é essencial para que você aproveite todos benefícios da yoga.

Devemos apreciar os bons momentos que a vida nos proporciona, mostrando apreço pela diversão. É bom rir quando você cai tentando fazer a postura da árvore. É aceitável sorrir quando sua mente está gritando com o seu corpo, dizendo para sair da pose do pombo.

  1. Simplesmente respire

Apenas respire. Lembre-se deste conceito, pratique a respiração enquanto você treina yoga e mesmo quando não estiver treinando. Nossa respiração nos diz o que está acontecendo em nosso corpo. Quando estamos nervosos, com medo ou estressados, nossa respiração se torna curta, rápida e muitas vezes instável. Quando estivermos calmos e em paz  a nossa respiração será longa, profunda e fluída. Na prática quando posturas ficam difíceis e nosso corpo começa a tremer, devemos nos lembrar de nos concentrar em nossa respiração. Essa ideia deve ser aplicada também à vida diária.


Dê sua nota para a matéria:
RuimRegularBomMuito bomExcelente (4 votos, media: 5,00 de 5)
Loading...


COMPARTILHAR
Alexandre
Um ex gordo decidido a mudar de vida, empresário, amigo, e blogueiro ♥ Alexandre é apaixonado por Deus, vida fitness, academia, futebol e alimentação saudável. Sou TRICOLOR PAULISTA de coração. Fundador do site Barriga Chapada com o propósito de promover dicas de motivação, saúde, exercícios e dietas para contribuir com o bem-estar e ajudar milhares de pessoas que buscam elevar sua autoestima.

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA