Garrafinha de academia tem mais germes que pote de cão!

0
1213
garrafinha-academia

Após uma semana de uso sem ser lavada, a garrafinha de academia acumula aproximadamente 300 mil bactérias. Os grandes responsáveis por essa festa bacteriana são as mãos e a boca.

Uma pesquisa que foi encomendada pela empresa norte-americana Treadmill afirma que a garrafinha de academia que geralmente levamos água ou suplementos tem, em média, 313 mil colônias de bactéria por cm², das quais cerca de 60 % pode causar infecções de pele ou generalizadas e pneumonia. Segundo o estudo, isso é mais do que está presente em uma vasilha de água para cachorro.

Reaproveitar a garrafinha de academia por muito tempo pode ser um risco para sua saúde!

garrafinha-academia
Estudo avaliou as garrafinhas de 12 atletas que foram usadas por um período sem serem lavadas!

Para aqueles que adoram levar a garrafinha plástica de água para todo canto, queria ressaltar que todo cuidado é pouco, pois você pode estar prejudicando sua saúde. Em média, cada garrafinha possui 313.499 mil colônias de bactéria/cm², cerca de seis vezes mais do que o número presente em um pote de água para cachorro (47,3 mil colônias de bactéria/cm²).

O pior modelo das garrafinhas de academia é aquela que possui tampa que desliza, cuja superfície teve até 933,3 mil colônias de bactéria/cm², quase 20 vezes mais do que o pote do cachorro. Esse modelo também continha a maior porcentagem (17%) de bactérias gram-positivas cocos, responsáveis por infecções cutânea e generalizadas e pneumonia.

Analisando todas as condições e números citados na pesquisa, podemos verificar que seria melhor beber aguá da vasilha do seu cachorro para saciar a sede durante os exercícios do que da garrafinha que leva para academia. O modelo menos infectado é o com canudo embutido. Conforme o estudo, as gotas de água costumam ficar depositadas no fundo do canudo, o que torna mais difícil às bactérias chegar à umidade.

Causas do mau uso da garrafinha de academia

O médico professor de Infectologia da PUC-SP, Fernando Ruiz explica que os grandes responsáveis por tantas bactérias são as mãos e a boca. O contato com a boca humana gera o acúmulo de bactérias nesses recipientes. Estudos históricos mostram que passam de 700 as espécies já descritas.

Ruiz deixa claro que só a presença de germes não é decisiva para um indivíduo adoecer. Feridas na boca (cárie, diabete, placas bacterianas, gengivite e aftas), por exemplo, facilitam que as bactérias caiam na corrente sanguínea e como consequência causem pneumonia ou infecções graves. Imunidade baixa também facilita que uma enfermidade se manifeste.

Como fazer a higienização das garrafinhas de academia?

Para evitar grandes problemas o ideal é manter as garrafinhas sempre limpas, devendo ser feita sua higienização diariamente. Além disso, nada de compartilhar as garrafas, pois assim vai evitar o contágio de doenças infecciosas como hepatite A, herpes, fungo de boca ou até mesmo amigdalites, diarreias e dores de estômago.

Nossa boca e mãos não são estéreis e o contato com a garrafa a deixa cheia de bactérias e fungos. Sendo assim as garrafinhas de academia devem ser limpas por dentro e por fora, com a ajuda de uma escova e detergente neutro. Se a garrafa for de plástico, não se deve usar água fervente para não haver liberação de substâncias tóxicas.

Lave bem a tampa da garrafa, onde a sujeira e o limo se acumulam com mais frequência. Depois da lavagem, deixe a garrafa de molho por 15 minutos em uma solução de uma colher de sopa de água sanitária para um litro de água. Após o procedimento, enxágue em água corrente. Para terminar a limpeza, borrife álcool 70% na parte externa. Aqueles copos usados para shakes e suplementos também devem passar pelo mesmo processo. Se ligue nessa ideia, pois é sua saúde que está em risco!


Dê sua nota para a matéria:
RuimRegularBomMuito bomExcelente (2 votos, media: 5,00 de 5)
Loading...


COMPARTILHAR
Alexandre
Um ex gordo decidido a mudar de vida, empresário, amigo, e blogueiro ♥ Alexandre é apaixonado por Deus, vida fitness, academia, futebol e alimentação saudável. Sou TRICOLOR PAULISTA de coração. Fundador do site Barriga Chapada com o propósito de promover dicas de motivação, saúde, exercícios e dietas para contribuir com o bem-estar e ajudar milhares de pessoas que buscam elevar sua autoestima.

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA