Dieta da Proteína: guia absolutamente completo

0
408
Dieta da Proteína: guia absolutamente completo

Você vai conferir um passo a passo sobre a famosa dieta da proteína que vai fazer você perder rapidamente 7kg em apenas 14 dias. 

A dieta se baseia no consumo de alimentos que são boas fontes de proteína, como carnes e ovos, e na exclusão de alimentos ricos em carboidratos, como pão e macarrão. Para emagrecer com essa dieta, a proteína escolhida deve ser pobre em gordura, devendo-se optar por frango ao invés de carne vermelha, e leite desnatado ao invés de leite integral, por exemplo.

A dieta da proteína emagrece porque a ausência de carboidratos na alimentação faz o organismo queimar mais rapidamente as suas fontes de gordura. No entanto, é comum sentir fraqueza e tonturas nos primeiros dias da dieta, mas esses sinais costumam passar após 3 ou 4 dias, tempo em que o organismo habitua-se à falta de carboidratos.

O que seria a Dieta da Proteína?

A dieta da proteína é uma forma de emagrecimento criada para todos os indivíduos que desejam emagrecer de maneira rápida e eficaz, devendo se atentar ao cardápio que deverá ser seguido.

A dieta da proteína possui alto valor biológico, pois se baseia em ingerir somente alimentos que sejam proteicos, eliminando quaisquer carboidratos que presentes no dia a dia de um indivíduo, permitindo que os estoques de energia baseiem-se no consumo de gordura, contrariando o que seria o processo normal do organismo, sendo assim é necessário seguir a dieta da proteína passo a passo, pois trata-se de um dieta com grandes restrições.

Para tornar essa dieta mais prazerosa e menos difícil em sua realização e concretização, seu novo modelo foi dividido em etapas, ou seja, uma dieta da proteína passo a passo para facilitar a realização, sendo que a mesma permite que o indivíduo perca, aproximadamente, 7 quilos em todos os 14 dias nos quais deverá ser colocado em prática o cardápio da dieta.

Passo a Passo da Dieta da Proteína

O corpo perfeito tornou-se um objetivo para muitas pessoas que buscam a melhor forma física, sendo que este objetivo foi determinado por muitas pessoas que costumam cultivar práticas para o emagrecimento ou até mesmo que passaram a adotar tais hábitos específicos para perder peso, frequentando a academia e realizando exercícios físicos, por exemplo.

Além de atividades em geral, há outros métodos que podem auxiliar na perda de peso e emagrecimento, assim como as dietas criadas especialmente com a promessa de reduzir as calorias ingeridas diariamente, proporcionando assim muitos quilos a menos em poucos dias.

Abaixo você poderá acompanhar a dieta da proteína passo a passo, desde alguns dos alimentos permitidos até as fases que compõe a dieta.

Alimentos permitidos na Dieta da Proteína

Muitos pensam que a dieta da proteína tem um cardápio pobre, já que a principal regra da dieta é cortar todos os alimentos com carboidratos. Mas nesse ponto elas se enganam, é possível ingerir diversos alimentos ricos em proteínas e com índice zero de carboidrato, sendo assim, recomendo que leia atentamente as fases e os alimentos liberados para que sua dieta e seu emagrecimento seja um sucesso:

Fase 1 da Dieta da Proteína

Essa fase é uma das mais brutas, sendo que, ao iniciar a alimentação, é necessário cortar todos os tipos de carboidratos e inserir proteínas para que os resultados estipulados sejam alcançados com vigor, para um resultado eficaz, é necessário seguir a dieta da proteína passo a passo, principalmente a primeira fase.

Nessa fase uma pessoa poderá perder aproximadamente até 50% do peso excedente em seu corpo, ou seja, caso um indivíduo pese 70 quilos e meça 1,60m, o mesmo poderá satisfazer-se ao perder aproximadamente 7 quilos durante esta primeira etapa da dieta da proteína.

O cardápio apresentado pela primeira fase da dieta da proteína oferece uma alimentação que possui somente 1000 calorias, o que causa uma redução bruta no cotidiano de muitos que nunca realizaram este procedimento, afinal estima-se que a maioria da população ingira cerca de 2000 calorias diárias, podendo haver variações de acordo com a necessidade ou até mesmo com o fato de um indivíduo engordar ou emagrecer constantemente.

Na fase 1 é importante que qualquer tipo de carboidrato seja retirado do cardápio, eliminando-os e cortando-os completamente, permitindo que o corpo possa utilizar a gordura do corpo como fonte de energia pelo período de dias estimado para o cumprimento desta primeira etapa que deve durar 14 dias, com limite para que o corpo não sinta fraqueza extrema, evitando exercícios físicos e atividades em geral.

Normalmente é indicado que a eliminação de carboidratos dure somente de três a cinco dias, assim é possível remanejar a dieta de acordo com o oferecido para que a mesma não cause riscos à saúde, verificando a atualização da mesma, pois as novas dietas da proteína já oferecem um método mais seguro para sua realização, com uma alimentação que pode sustentar o corpo sem maiores problemas.

Fase 2 da Dieta da Proteína

Essa fase da dieta da proteína permite que os carboidratos possam, aos poucos, voltar a fazer parte de seu cotidiano, assim os alimentos com tais propriedades são novamente inseridos, porém em porções menores para regularizar a alimentação de um indivíduo, assim o mesmo deverá consumir menores quantidades dos itens dispostos para não voltar ao dia a dia normal e ainda conseguir queimar os carboidratos ingeridos.

É indicado que, para consumir os carboidratos dispostos nos alimentos que passam, aos poucos, a serem liberados, exercícios físicos para queimar a gordura.

Aos poucos o valor calórico diário da segunda fase deverá aumentar, sendo que a mesma, dentro de cinco semanas para sua realização, deverá iniciar com um cardápio de 1100 calorias, chegando, ao final esta etapa, em 1500 aproximadamente.

Nesta fase, ainda que mais longa, oferece um suporte maior à pessoa e permite que a mesma possa enxugar o restante do peso que ainda restou na primeira fase, cultivando alguns hábitos, porém priorizando as alterações com a reinserção de carboidratos para dar energia ao corpo.

Fase 3 da Dieta da Proteína

A terceira e última fase é uma das mais decisivas para que a pessoa consiga manter seu peso, sendo que a mesma deverá atentar-se ao que foi perdido durante os esforços realizados para que sua estrutura possa continuar a mesma, ainda que posteriormente ao término do cardápio alimentar que foi disposto.

Tudo está liberado, porém moderadamente, devendo manter um cardápio com 1500 calorias para que seja possível permanecer com o peso que foi conquistado durante todo o processo.

Exemplos de Cardápios da Dieta da Proteína (manutenção)

Cardápio 1

Café da manhã: 1 fatia grossa de queijo- de-minas / 1 xícara de leite desnatado café ou chá / 1 pêra;
Lanche da manhã: 1 polenguinho;
Almoço: 1 filé de salmão grelhado (180 g) / 6 colheres (sopa) de brócolis refogado / 1 prato de salada verde com 1 fio de azeite, limão e sal / 1 copo (200 ml) de suco de maracujá;
Lanche da tarde: 1 iogurte desnatado de frutas;
Jantar: 1 prato fundo de salada: alface crespa + agrião + 8 tubetes de kani + 40 g de queijo tofu em cubos / molho: 1 colher (sopa) de mostarda + suco de 1/2 laranja + 2 colheres (chá) de azeite;
Ceia: 1 copo (200 ml) de suco de morango ou melancia.

Cardápio 2

Café da manhã: 1 fatia de melão / 3 fatias de presunto magro / 2 fatias de queijo prato / 2 fatias de pão integral / chá de ervas ou frutas;
Lanche da manhã: 1 iogurte light de frutas;
Almoço: 1 omelete (3 claras e 2 gemas) com 1 fatia de queijo branco / 6 colheres (sopa) de legumes cozidos / 1 prato de salada de folhas (temperada com azeite, sal) / 1 fatia de abacaxi;
Lanche da tarde: 1 polenguinho + 1 água-de-coco;
Jantar: 1 prato de salada: alface + tomate e cenoura +1 filé de frango grelhado em cubos + 1 colher (sopa) de molho de iogurte ceia: 1/2 papaia.

Cardápio 3

Café da manhã: 1 taça de salada de frutas / 1 iogurte desnatado / 1 copo (200 ml) de suco de acerola;
Lanche da manhã: 1 torrada integral com requeijão light ou com 1 fatia média de ricota;
Almoço: 6 colheres (sopa) de picadinho de carne / 2 colheres (sopa) de arroz integral / 1 prato de salada de folhas (temperada com shoyu) / 1 fatia de melancia ou melão
Lanche da tarde: 1 danoninho / 1 copo (200 ml) de suco de caju;
Jantar: 1 filé de salmão (180 g) ensopado com legumes / salada de folhas, tomate e lascas de parmesão (temperada com 1 colher de chá de azeite);
Ceia: 1 pêra.

Cardápio 4

Café da manhã: 1 torrada integral com 1 fatia média de ricota / 1/2 papaia / 1 xícara de leite desnatado, café ou chá;
Lanche da manhã: 1 fatia de queijo-de-minas;
Almoço: 1 bife grelhado 150 g / 6 colheres (sopa) de couve-flor cozida / 1 prato de salada de folhas (temperada com um fio de azeite, sal e limão) / 1 fatia de abacaxi
Lanche da tarde: 1 frozen iogurt ou 2 danoninhos;
Jantar: 1 sanduíche com pão integral, atum (em lata), cenoura ralada e 1 colher (chá) de maionese light / 1 prato de salada de folhas (com azeite e sal);
Ceia: 1 fatia de melão.


Dê sua nota para a matéria:
RuimRegularBomMuito bomExcelente (1 votos, media: 5,00 de 5)
Loading...


COMPARTILHAR
Alexandre
Um ex gordo decidido a mudar de vida, empresário, amigo, e blogueiro ♥ Alexandre é apaixonado por Deus, vida fitness, academia, futebol e alimentação saudável. Sou TRICOLOR PAULISTA de coração. Fundador do site Barriga Chapada com o propósito de promover dicas de motivação, saúde, exercícios e dietas para contribuir com o bem-estar e ajudar milhares de pessoas que buscam elevar sua autoestima.

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA